acto do conhecimento

 

então | só então | quando adão | adão e eva | estavam | adão e eva estavam | no eden | segue bem o conto de fadas | esse conto de fadas | a mulher | a má | convenceu | convenceu o homem a comer a maçã | a maçã que veio | veio da árvore do conhecimento | e porque era do conhecimento | adão e eva foram punidos | punidos adão e eva | e a mulher | a mulher tem que sangrar | sangra e | e o homem tem que | tem de | ir trabalhar | e esse | esse é o resultado | o resultado do desejo | do desejo do homem | porque | porque a mulher | sugeriu | apenas sugeriu | que era | que era boa ideia | e a ideia | o facto | só o facto de | de que | de que ele | ele pudesse ter conhecimento | conhecimento que | que era | era domínio | domínio exclusivo de deus | então | só então se infere | se infere que | que o cristianismo | o cristianismo é uma religião | uma religião anti-intelectual | e se | se é uma religião | uma religião anti-intelectual | se sim | e | e se tu fores religioso | se fores | não és | não és nunca | e nunca serás esperto | então | então que sejas | que sejas apenas burro | burro para caralhos | e | e sendo burro | sendo assim burro | irás parar ao paraíso

plagiando uma citação de Frank Zappa

Anúncios